DAS CARTAS SOBRE A CONFEDERAÇÃO DOS TAMOIOS À FUNDAÇÃO DO ROMANCE BRASILEIRO: CAMINHOS DE UM GÊNERO NASCENTE

Marcos Paulo Torres Pereira

Resumo


Antes do Romantismo, o gênero textual romance já era conhecido no Brasil, mediante não apenas a leituras de obras europeias, mas à busca de sua instituição por obras como O filho do pescador, de Teixeira de Sousa, e A Moreninha, de Joaquim Manoel de Macedo. Entretanto, a fundação do romance brasileiro se dá com José de Alencar, que pensou forma e conteúdo desse gênero, adequando-o aos liames de uma identidade nacional então nascente. O estudo versa sobre os aspectos fronteiriços dados pelo autor de Sonhos d'ouro ao gênero nascente no Brasil, limados por sua obra, do planejamento (com as Cartas), passando por sua fase orgânica de produção, à presença do ideário alencarino na identidade brasileira.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2015 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.