Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Letras Escreve?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

NORMAS GERAIS PARA PUBLICAÇÃO

Letras Escreve aceita para publicação, de maneira contínua, contribuições inéditas de pesquisadores da linguagem, independentemente de sua titulação e/ou orientação teórica. Assim, os trabalhos submetidos para avaliação podem ser de pesquisadores graduandos, graduados, pós-graduandos, mestres, doutores e pós-doutores. As contribuições não devem ter mais de três autores.

Os trabalhos aceitos pela revista são nas áreas de Estudos da Linguagem, Estudos Literários e Língua Estrangeira. Os gêneros discursivos que podem ser submetidos são: Artigos originais ou de Revisão de literatura, Ensaio Científico, Resenha e Relatos de experiência/caso. A revista adotará as seguintes Normas da ABNT: NBR 6022:2003 (artigos), NBR 6023:2002 (referências); NBR 6028:2003 (Resumo); NBR 10520:2002 (Citações), as quais deverão ser seguidas pelos autores dos trabalhos.

Os artigos deverão ser submetidos pelo navegador MOZILLA FIREFOX ou GOOGLE CHROME, pois o Internet Explorer não possibilita a submissão integral. Primeiramente faça o seu cadastro e/ou login. A seguir, clique na Página do Usuário, na opção Autor, em Iniciar nova submissão e preencha os passos do processo.

Todos os gêneros submetidos para avaliação deverão ser escritos em espaçamento 1,5 entre as linhas, sem numeração nas páginas, em editado no MS-Word, ou compatível e com fonte Arial 12, com exceção das citações que devem ser feitas em fonte menor que 12.

 

 

NORMAS ESPECÍFICAS PARA CADA GÊNERO

1 Artigo científico - "Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento" (ABNT. NBR 6022, 2003, p.2), pode ser apresentado como Artigo de Revisão, ou seja, parte de uma publicação que resume, analisa e discute informações já publicadas; ou ainda como Artigo Original, isto é, parte de uma publicação que apresenta temas ou abordagens originais.

1.1 Os artigos devem ter entre 10 a 20 páginas (incluindo referências e anexos). Deverá conter ainda:

a) O Título centralizado, em maiúsculas, sem negrito ou grifo;

b) O(s) nome (s) do(s) autor (es), sem itálico e com letras maiúsculas somente para as iniciais, devem constar duas linhas abaixo do título à direita, com um asterisco ou numeração que remeterá ao pé da página para identificação da instituição do (s) autor(es) pertence, titularidade acadêmica,  funcional e endereço eletrônico (e-mail).

b) O resumo e o abstract devem ser escritos em parágrafo único, não excedendo 300 palavras, deverão conter informações sucintas sobre o artigo e apresentando ao final até quatro palavras-chave. Ressalta-se que tanto o resumo quanto o abstract, devem ser escritos em fonte Arial,  tamanho 11 em espaçamento simples;

b) Agradecimentos poderão ser mencionados sob a forma de nota de rodapé. Também pode ser comunicado a existência de todo e qualquer auxílio financeiro recebido para a elaboração do trabalho, mencionando agência de fomento.

c) Os artigos deverão ter entre 10 a 20 páginas digitadas, incluindo figuras, tabelas e referências bibliográficas (listadas somente aquelas citadas no texto). Deverão ser escritos em espaço 1,5 linhas sem numeração nas páginas.

d) O trabalho deverá ser formatado em A4 e com 3 cm nas margens superior e esquerda e 2 cm nas margens inferior e direita. 

e) O arquivo contendo o trabalho que deverá ser anexado (transferido), durante a submissão, não poderá ultrapassar o tamanho de 2MB.

f) Tabelas, figuras e gráficos deverão ser inseridos no texto, logo após a sua citação, devem ainda conter identificação de acordo com a ABNT.

g) As figuras, gráficos e as tabelas deverão ter preferencialmente 7,65 cm de largura, e não deverá ultrapassar 16 cm.

h) As figuras digitalizadas deverão ter 300 dpi de resolução e preferencialmente gravadas no formato jpg.

i) As citações (direta ou indireta) deverão seguir os exemplos seguintes que se baseiam na ABNT: Citação no texto, usar o sobrenome e ano: Caporalini (2005) ou (CAPORALINI, 2005); para dois autores Veiga e Santos (2008) ou (VEIGA; SANTOS, 2008); três ou mais autores, utilizar o primeiro e após et al. (GHEORGHIU et al., 2008).

j) Notas: em pé de página, numeradas a partir de 1. As notas não devem ser usadas para referência bibliográfica. Estas devem ser feitas no corpo do trabalho, entre parênteses, usando o sobrenome do autor, data de publicação e página,  conforme exemplo: (BECHARA 1999, p.183).

2 Ensaio - É um gênero discursivo expositivo-argumentativo que versa sobre um tema específico em profundidade, no entanto, sem esgotá-lo. No Ensaio Científico as características do texto acadêmico são mantidas. Ele deve ser objetivo, lógico, crítico e original. Segundo Rauen (1999, p. 137), o ensaio é uma "exposição metódica dos estudos realizados e das conclusões originais obtidas após o exame de um assunto".

2.1 Os ensaios devem ter entre 10 a 12 páginas. Deverão conter ainda:

a) Título centralizado, em maiúsculas, sem negrito ou grifo;

b) O(s) nome (s) do(s) autor (es), sem itálico e com letras maiúsculas somente para as iniciais, devem constar duas linhas abaixo do título à direita, com um asterisco ou numeração que remeterá ao pé da página para identificação da instituição do (s) autor(es) pertence, titularidade acadêmica e funcional e endereço eletrônico (e-mail).

2.2 Quanto à estrutura textual, o ensaio deverá apresentar as seguintes partes:

a) Introdução: contextualização do Tema e/ou indicação da Tese;

b) Desenvolvimento/Princípios teóricos: revisão sucinta de autores que tratam sobre o tema discutido;

c) Análise: discussão sobre o tema, apresentado posicionamentos argumentativos e justificativas para a tese;

d) Concluo: retomada ao contexto inicial e reafirmação da tese a partir dos argumentos desenvolvidos.

3 Resenha - A resenha é um gênero discursivo em que a pessoa que lê e a aquela que escreve tem objetivos convergentes: uma busca e a outra fornece uma opinião crítica sobre determinado livro. Para atender ao leitor, o resenhador basicamente descreve e avalia uma dada obra a partir de um ponto de vista informado pelo conhecimento produzido anteriormente sobre aquele tema. (MOTTA-ROTH; HENDGES, 2010, p. 27-28).

3.1 A revista aceita resenhas de 06 a 10 páginas de livros, monografia, dissertações ou teses, produzidos no Brasil e no exterior nos últimos cinco anos e que tenham relação com a área de abrangência da revista.

3.2 Na estrutura textual da resenha deve ser perceptível: a) apresentação da obra; b) descrição; c) avaliação e d) recomendação ou não. (cf. MOTTA-ROTH; HENDGES, 2010).

3.3 A resenha deve ser precedida da referência da obra que foi resenhada, por exemplo:

CARVALHO, José Murilo de. Os bestializados: o Rio de Janeiro e a República que não foi. São Paulo: Companhia da Letras, 1987.

3.4 O(s) nome (s) do(s) autor (es), sem itálico e com letras maiúsculas somente para as iniciais, devem constar duas linhas abaixo da referência da obra à direita e com um asterisco ou numeração que remeterá ao pé da página para identificação da instituição do (s) autor(es) pertence, titularidade acadêmica e funcional e endereço eletrônico (e-mail).

4 Relato de Experiência - O relato de experiência é entendido com um gênero de texto que pertence ao agrupamento dos gêneros da ordem do expor e narrar, cujo domínio social de comunicação é o da transmissão e construção de saberes. Nesse sentido, quando informado teoricamente, o relato de experiência permite a apreensão de conteúdos numa perspectiva que envolve a interpretação ao lado da asserção, constituindo-se num instrumento relevante para registrar a produção do conhecimento sobre a construção do processo de ensino-aprendizagem em sala de aula (SILVA; LEITÃO, 2009).

4.1 Os relatos devem ter entre 12 a 15 páginas. Deverão conter ainda:

a) O Título centralizado, em maiúsculas e em negrito;

b) O(s) nome (s) do(s) autor (es), sem itálico e com letras maiúsculas somente para as iniciais, devem constar duas linhas abaixo do título à direita, com um asterisco ou numeração que remeterá ao pé da página para identificação da instituição do (s) autor(es) pertence, titularidade acadêmica e funcional e endereço eletrônico (e-mail).

2.2 Quanto à estrutura textual, o relato deverá apresentar as seguintes partes:

a) Título

b) Autor (com informações no rodapé; máximo dois autores)

c) Apresentação

d) Caracterização da Escola

e) Fundamentação teórica

f) Descrição da experiência

g) Avaliação dos resultados

h) Considerações finais

i)  Referências

j)  Anexo

 

 Observações

-  Os textos que não obedecerem às normas não serão submetidos à análise.

- Os textos devem estar de acordo com as novas regras da ortografia portuguesa.

-  Os originais não serão devolvidos aos autores

 

MODELOS DE REFERÊNCIAS PARA TODOS DOS GÊNEROS

As referências deverão ser organizadas em ordem alfabética, justificado, conforme os exemplos seguintes que se baseiam na ABNT. Listar todos os autores citados no trabalho. Os títulos dos periódicos deverão ser completos e não abreviados, com local de publicação.

O principal sobrenome de cada autor, digitado em maiúsculas, seguido de vírgula e dos demais nomes. Título de livro ou revista deve vir em itálico, negritado. Local da publicação e editora. Data da obra, após o nome da editora.

Os elementos essenciais são: autor(es), título, edição, local, editora e data de publicação.

Ex: referência de livro:

GOMES, L. G. F. F.  Novela e sociedade no Brasil. Niterói: EdUFF,1998.

Ex: referência de artigo ou revista:

GURGEL, C. Reforma do Estado e segurança pública. Política e Administração, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 15-21, set. 1997.

Ex: referência de artigo de coletânea:

MAHER, Tereza Machado. Sendo índio em português. In: Inês Signorini, org. Lingua(gem) e identidade. São Paulo, Mercado de Letras, 1998, pp. 115-138, 

GOMES, André Luís. A linguagem teatral na obra clariceana. Revista Cerrados, Brasília: UNB, n.22, ano 15, 2006, p. 137-146. 

BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 1989.

Ex: referência Capítulos de livros:

SCARAMUCCI, M. V. R. O professor avaliador: sobre a importância da avaliação na formação do professor de língua estrangeira. In: ROTTAVA, L. (Org.). Ensino-aprendizagem de língua: língua estrangeira. Ijuí: Ed. da UNIJUI, 2007. p. 49 - 64.

Ex: referência de Anais de eventos:

SOUSA, C. P. Avaliação do aluno no ensino superior em sala de aula. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 12, 2004, Curitiba. Anais do XVII Encontro. Curitiba: Champagnat, 2004, p. 131-138

 Ex: referência Internet:

SOUSA, C. P. Descrição de uma trajetória na/da avaliação educacional. Disponível em: www.uel.br/signum. Acesso em: 2 abr. 2011.

Ex: referência de Teses e dissertações

MIQUELANTE, M. A. A pedagogia freireana e a leitura crítica em inglês: interação, auto-observação, práxis. 2002. 243 p.; Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  2. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB)
  3. O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento, como anexos.
  4. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.
  5. A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação Cega por Pares.
 

Declaração de Direito Autoral

Os diretores da revista orientam que só devem assinar os trabalhos as pessoas que de fato participaram das etapas centrais da pesquisa, não bastando, por exemplo, ter revisado o texto ou apenas coletado os dados. Todas as pessoas relacionadas como autores, por ocasião da submissão de trabalhos estarão automaticamente declarando responsabilidade, nos termos a seguir:

Declaração de responsabilidade: certifico que participei suficientemente do trabalho para tornar pública minha responsabilidade pelo seu conteúdo. Certifico que o manuscrito representa um trabalho original e que não foi publicado ou está sendo considerado para publicação em outra revista nacional ou internacional, quer seja no formato impresso ou no eletrônico, exceto o descrito em anexo. Atesto que, se solicitado, fornecerei ou cooperarei totalmente na obtenção e fornecimento de dados sobre os quais o manuscrito está baseado, para exame do conselho editorial da revista.

Transferência de direitos autorais: declaro que em caso de aceitação do artigo, por parte da Revista, concordo que os direitos autorais a ele referentes se tornarão propriedade exclusiva da revista Letras Escreve, vedado qualquer reprodução, total ou parcial, em qualquer outra parte ou meio de divulgação, impressa ou eletrônica, sem que a prévia e necessária autorização seja solicitada e, se obtida, farei constar o competente agradecimento à Revista Letras Escreve e os créditos correspondentes à Letras Escreve. Declaro em meu nome e em nome dos demais co-autores, porventura existentes, estar ciente de que a não observância deste compromisso submeterá o infrator a sanções e penas previstas na Lei de Proteção de Direitos Autorais (Lei Federal nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998).

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.