Nota Sobre o Frege de Evans

Sagid Salles

Resumo


 

Evans famosamente declarou que Frege não aceitou a possibilidade de sentido sem referente, o que significa que ele não foi tão tolerante com nomes vazios quanto comumente se pensa. Um problema central para a tese de Evans é que Frege diz explicitamente que aceita esta possibilidade, e parece que ele de fato foi tolerante com nomes vazios. Neste artigo, defendo que a solução de Evans para este problema implica que Frege estava comprometido com uma explicação implausível das frases contendo nomes vazios.


Palavras-chave


Frege; Evans; Nomes vazios; Sentido sem referente

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/if.2019v10n2.p39-46

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Investigação Filosófica

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.