Kant e Foucault: a priori, a priori histórico e genealogia

Felipe Luiz

Resumo


Nosso fito no presente trabalho é comparar duas concepções de a priori, uma de vertente kantiana, como consta na primeira parte da Crítica da razão pura, mais exatamente na Introdução desta mesma obra; a outra, tal qual elaborada por Foucault no livro As palavras e as coisas, sob o nome de a priori histórico e articular isto com a questão da genealogia, tal como aparecerá nos trabalhos de maturidade de Foucault, isto é, em seus trabalhos das décadas de setenta e oitenta.  Para tanto, lançaremos mão de obras dos dois autores e de alguns comentadores que abordam o tema, sem pretender, no entanto, esgotar o assunto, ou seja, lançando uma pista de pesquisa.

Texto completo:

PDF Português

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Investigação Filosófica

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.