AS PAISAGENS DE ROBERT WILSON

Maurílio Bertazzo Schuquel

Resumo


Este ensaio objetiva refletir sobre a noção de paisagem ao tomar como exemplo o trabalho do encenador Robert Wilson, especificamente, por intermédio das obras Adan's Passion e Videos Portraits. A paisagem é entendida aqui como um campo de força correlacional, de performatividades em ação. Para tanto, argumenta-se a partir de teóricos como, por exemplo, Erika Fischer-Lichte, Hans-Thies Lehmann e Luiz Roberto Brant de Carvalho Galizia.

Texto completo:

Português PDF


Direitos autorais 2021 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.