MEDIADOR(A) TEATRAL: Reflexões sobre processos criativos, pedagogia e subjetividade

Gabriela Valcanaia, Robson Rosseto

Resumo


O presente trabalho reflete sobre processos criativos na elaboração de projetos de mediação artística, tendo o(a) mediador(a) como objeto da pesquisa. Relata a experiência de elaboração de um projeto de mediação teatral para o espetáculo Lampião (2019), da Cia de Teatro da Universidade Federal do Paraná – UFPR. A investigação se valeu da subjetividade como um elemento essencial para a elaboração de sentido sobre as obras de arte pelas espectadoras e espectadores. Os projetos de mediação se apresentam como planos de operacionalização de ideias conceituais, que utilizam de estratégias artístico-pedagógicas para tornar a fruição de uma obra, ou de um conjunto de obras, mais significativa para o público participante. Nessa perspectiva, a mediação teatral é compreendida como parte da experiência estética e, portanto, artistas e mediadoras(es) são parceiros no objetivo de gerar vivências significativas em arte.

Texto completo:

Português PDF


Direitos autorais 2021 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.