A PRESENTIFICAÇÃO DO PERFORMER NA FOTOPERFORMANCE

Marcelo Eduardo Rocco de Gasperi, Diogo Angeli Theotônio, Jéssica Oliveira Lemos

Resumo


O presente trabalho analisa as noções de presença cênica a partir da fotoperformance. Como pensar no corpo presente quando este é mediado por dispositivos tecnológicos, tais como a fotografia? A virtualização do corpo-mídia planifica ou dialoga com a presentificação intermediada? Podemos dizer que a fotoperformance é composta pela hibridização entre a performance artística e a linguagem fotográfica. Diante dessas questões, o presente trabalho discute os vetores da presença - ou da não presença - em que o corpo do performer se separa dos espaços físicos e geográficos e, também, de sua temporalidade imediata para assumir a virtualidade. Pretendendo verticalizar a pesquisa, o presente texto irá analisar parte dos trabalhos de fotoperformance da artista/performer negra Michelle Mattiuzzi, que promove o estranhamento e o inusitado em suas obras. 


Texto completo:

Português PDF


Direitos autorais 2021 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.