O MERGULHO DO CORPO: Hélio Oiticica, uma peça fundamental para aproximações e/ou repulsas entre noções conceituais de performance e a arte experimental no Brasil em meados do século XX.

Everton Lampe de Araujo

Resumo


Hélio Oiticica é um artista LGBTI+ muito conhecido no circuito das artes em geral e no meio intelectual, isso por sua grande contribuição às discussões artísticas e sociais principalmente nos anos 60 e 70 no Brasil e suas reverberações até os dias de hoje. A opção por ele tomada em relação ao experimental é bastante ampla e contempla, através de seus vários desdobramentos, múltiplas acepções, sentidos e cauções quer para apoiar sua produção artística, quer orientar sua vida pessoal, através de vínculos dificilmente dissociáveis. Desse modo, esse trabalho se detém sobre os aspectos performáticos de seu percurso artístico.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/iaca.2020v3n2.p149-164

Direitos autorais 2020 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.