RASTREANDO A NOÇÃO DE FRONTEIRA E SUAS CONEXÕES: Possíveis contribuições as Performances Culturais

José Arnaldo Pereira

Resumo


RESUMO:

Proponho, nesse artigo, rastrear e discutir a noção de fronteira, compreendendo como se coloca em conexão às artes e a cultura, bem como, esta noção pode contribuir aos estudos/pesquisas e objetos/temas das performances/performatividades culturais. Esta pesquisa está localizada em um paradigma performativo, e tomo por análise, práticas discursivas diversas, a saber: ensaios, artigos, dissertações, teses, livros, e as minhas produções escritas. Com um “mergulho” no conjunto de práticas discursivas, estas foram organizadas, na construção desta textualidade, encontrando os seguintes tópicos: Fronteira e Corpo, ou, Corpo-Fronteira; Fronteira e Espaço; Fronteira e Deslocamento; e Fronteira e multiplicidade de reflexões.

Palavras-chaves: Fronteira, Pesquisa Performativa, Cultura, Arte, Performances Culturais.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/iaca.2020v3n2.p165-177

Direitos autorais 2020 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.