O MUSEU E O EXERCÍCIO DE LIBERDADE: O trabalho de acessibilidade cultural do Museu de Arte Moderna de São Paulo

Daina Leyton

Resumo


O presente artigo apresenta o trabalho de educação de e acessibilidade cultural do Museu de Arte Moderna de São Paulo. No processo de idealização e construção de um Museu de Outra Percepção, nos deparamos com nossas limitações e aprisionamentos, que se iniciam no corpo de cada sujeito e se ampliam no corpo social. Os aprendizados que tivemos com públicos diversos que frequentam o museu, entre pessoas com deficiência, o público da saúde mental, e pessoas em situação de vulnerabilidade social, nos trouxeram reflexões sobre nossa liberdade e as várias maneiras que ela é cerceada. Essa foi a contribuição reflexiva trazida para os temas dos seminários: 3o Políticas Públicas para a Educação Penitenciária: Arte, Cultura e Educação Penitenciáriae o IV Seminário de Artes Cênicas.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/iaca.2019v2n2.p39-50

Direitos autorais 2019 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.