ACESSIBILIDADES: uma experiência de intervenção urbana com atores/performers cegos em Paris

Carlos Alberto Ferreira da Silva

Resumo


O presente texto apresenta o termo acessibilidades pela perspectiva da intervenção urbana da encenação somático-performativa Cidade Cega, em Paris (2017). Dessa forma, a partir das experiências artísticas e de produção cultural, desde a proposição do projeto à encenação, o artigo relata os passos de como ocorreu a intervenção urbana com os atores/performers cegos na França, apresentando os diferentes níveis de acessibilidades, no plural, para o processo inclusivo da cena artística na rua. Portanto, a fim de compreender as etapas desta escrita, propõe-se uma narrativa descritiva, cujos detalhes desta viagem além-mar, do Brasil para França, se estruturam por meio de uma série de questões, sendo elas, a adaptação da encenação na cidade; as políticas públicas da França; as noções de acessibilidades; e, por fim, o processo inclusivo entre a própria equipe.  


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/iaca.2019v2n2.p20-38

Direitos autorais 2019 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.