PRIVAÇÃO DE LIBERDADE: possibilidades de escuta com adolescentes autores de atos infracionais no CESEIN

Andressa Conceição Souza da Silva

Resumo


Este artigo, fruto de uma experiência de estágio ocorrido no Núcleo de Medidas Socioeducativas de Internação Masculina – CESEIN, em Macapá, teve como intuito o subsídio no sentido à amenização do sofrimento psíquico dos socioeducandos, em que foi possibilitada a escuta grupal, juntamente com o manejo da expressão, da fala, das vivências psíquicas e corporais, tendo como ferramenta o Psicodrama de Moreno, além de algumas dinâmicas experienciais. Tendo em vista a escassez de projetos relacionados a estratégias grupais de escuta na instituição, este artigo traz luz a novas formas de atuação nesta área, além de outras que trabalhem com a promoção da saúde mental. Com isso, através da sensibilização e reflexão dos adolescentes privados de liberdade, pode-se gerar a possibilidade de ressignificação do sofrimento.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/iaca.2019v2n2.p7-19

Direitos autorais 2019 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.