PICHAÇÃO E PUNK ROCK: Uma performance da liberdade

Jaddson Luiz Sousa Silva, Joel Cardoso

Resumo


Resumo: o presente artigo pretende abordar o fenômeno social da pichação e a poética que emana da cultura urbana do punk rock, na busca por uma reflexão teórica no campo da arte e da filosofia. Para tanto, a perspectiva filosófica de Deleuze e Guattari (1997) abrirá caminhos para a constituição deste trabalho, a partir do conceito de Máquina de Guerra Nômade. No entanto, esta escrita mapeará as potências poéticas e políticas da cultura punk que foram disparadas através de algumas intervenções urbanas espalhadas pela cidade de Belém do Pará.

 

Palavras-chave: Punk Rock, Pichação, Anarquismo, Máquina de Guerra.


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2019 IAÇÁ: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.