HETEROTOPIAS: superfícies da formação do ator

Gilberto dos Santos Martins

Resumo


Tendo em vista que cada encenador exige uma determinada técnica para cada proposta estética, os atores envolvidos nesse processo devem acessar campos outros na complementação de suas técnicas. Assim, este artigo tem por objetivo realizar uma breve discussão acerca das espacialidades que compõem a formação do ator. Tomamos como base teórica o conceito de Heterotopia, formulado pelo filósofo francês Michel Foucault (1926-1984), onde o mesmo vai apresentar a temática espacial como o grande eixo temático do século XX. Lançamos mão do conceito e propomos a observância da diversidade espacial que os atores na contemporaneidade dispõem para realizar a sua formação e/ou continuá-la. 

Palavras- chave: Formação, Ator, Espacialidades. 


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/iaca.2018v1n1.p46-54

Direitos autorais 2018 Iaçá: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.