ARTE E CONTRASSEXUALIDADE: a performance sadomasoquista sob as interpelações queer e (pós) feminista

José Juliano Barbosa Gadelha

Resumo


O artigo discorre sobre os sadismo e masoquismo típicos das culturas BDSM (Bondage, Disciplina/Dominação, Submissão/Sadismo, Masoquismo) praticado como performance art em espaços que vão além dos territórios de arte (museus, galerias etc). O autor tem por interpeladores epistemológicos a Teoria Queer, os Performance Studies e algumas vertentes do (Pós)Feminismo, buscando compreender como os atuais agenciamentos entre arte e contrassexualidade nos desempenhos de alguns agentes performers, brasileiros e norte-americanos, fabricam uma arte queer.

Palavras-chave: Arte, Performance, Sadomasoquismo.

                                                                                    


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/iaca.2018v1n1.p7-19

Direitos autorais 2018 Iaçá: Artes da Cena

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.