A narrativa como categoria de análise no ensino de História

Carmentilla das Chagas Martins

Resumo


A vida social em suas múltiplas dimensões vem se reconfigurando com o pragmatismo delineado pelas tecnologias da comunicação e informação e pelo mercado. Tempo e espaço foram revolucionados pelos fluxos e mobilidades: nas redes sociais circulam informações que fazem emergir sociabilidades distendidas; as experiências no tempo são qualificadas pela permanência do transitório, portanto, são vivências compassadas pelo instante (Hartog, 2014).


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/fronteiras.2017v4n2.p129-131

Direitos autorais 2018 Fronteiras & Debates

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.