Ressonâncias de Caminha: revisitando uma fonte célebre

Luisa Tombini Wittmann

Resumo


O presente artigo analisa a Carta de Pero Vaz de Caminha com intuito de reconstruir as relações iniciais estabelecidas entre portugueses e Tupi, atentando para a agência histórica indígena. Problematiza, ainda, as ressonâncias textuais e imagéticas da célebre fonte quinhentista, especialmente na historiografia do século XIX, cuja interpretação da missiva como exemplo do nascimento harmônico da Nação reaparece no nacionalismo estadonovista

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2016 Fronteiras & Debates

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.