Operação Mãos Limpas: uma análise ética

Luis Miranda Batista, Cleidilene da Silva Rodrigues da Cunha

Resumo


A falta de princípios éticos e morais é um problema da classe política de qualquer país e tem como consequência a corrupção, e quando denunciados geram grande repercussão na sociedade o que leva a degradação da Instituição Política e do Estado. Neste contexto, essa pesquisa teve por objetivo fazer uma análise ética da Operação Mãos Limpas ocorrida no Estado do Amapá, no ano de 2010. A pesquisa apoiou-se em dados bibliográficos de documentos legais e científicos, os quais tiveram como embasamento os princípios: éticos, morais e políticos. Dedicamos especial ênfase aos autores Vasquez (1995) e Bittar (2002). Através da análise quantitativa e qualitativa, obtivemos entrevistas da população de modo em geral bem como de formadores de opinião, tais como: advogados, jornalistas, representantes políticos, professores e acadêmicos do município de Macapá, que propiciaram o desenvolvimento da pesquisa. Os resultados apresentados evidenciam que a falta de princípios éticos e morais trazem precariedade para o estado e grandes consequências para a sociedade, e devido a esses e outros fatores desencadeou-se a Operação Mãos Limpas a qual teve uma grande importância para o combate à corrupção e que deu novos rumos a eleição de 2010


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2012 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.