Doenças transmitidas por alimentos e participação da manipulação inadequada para sua ocorrência: uma revisão.

Larissa Soragni, Anderson Sena Barnabe, Tatiana Ribeiro de Campos Mello

Resumo


 A segurança alimentar está relacionada à inocuidade dos alimentos, com isso, estudos críticos e que disseminem dados para redução de doenças transmitidas por alimentos (DTAs) são necessários à prevenção dessas patologias, que afetam a população de modo global levando até mesmo a óbito. As DTAs são ocasionadas por água ou alimentos contaminados ocorrendo nos domicílios, tanto por quem os prepara, pelo ambiente e pelos procedimentos de higiene que nem sempre são eficazes. Objetivo: O objetivo deste trabalho é revisar a literatura acerca da manipulação de alimentos em domicílio e seu risco para desenvolvimento de DTAs. Método: revisão de artigos acerca do assunto, usando ferramentas computacionais. Resultados: foram encontrados 51 artigos sobre o tema, mas incluídos 12 desses, sendo os demais descartados por não se adequarem às exigências propostas.  Conclusão: a residência desponta como principal local de ocorrência de DTAs, sendo as mais comuns causadas por Salmonella spp. e Staphylococcus aureus e apesar da importância das DTAs poucos são os estudos sobre o assunto.


Palavras-chave


segurança alimentar; contaminação de alimentos; doenças transmitidas por alimentos.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/estcien.2019v9n2.p19-31

Direitos autorais 2019 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.