Descontaminação fotoquímica de alvéolos dentários em técnicas distintas de Terapia Fotodinâmica: relato de dois casos clínicos

Camila Santa Rosa Nunes, Aldo Aparecido Proietti Junior, Ana Rita Pinheiro Barcessat

Resumo


A exodontia é um procedimento cirúrgico que pode apresentar como complicação a infecção da ferida cirúrgica, tal acontecimento pode trazer como consequência um retardo no processo de cicatrização, bem como causar dor pós-operatória ao paciente. Atualmente não existe um protocolo definido a ser realizado após a exodontia que possibilite a redução da carga microbiana de alvéolos contaminados. Logo, é de suma importância pesquisar técnicas que possibilitem diminuir a contaminação no sítio cirúrgico a fim de reduzir a ocorrência de complicações. Neste relato de casos clínicos os autores descrevem a aplicação de duas técnicas de terapia fotodinâmica, a primeira associando a curcumina luz LED azul, e a segunda associando o azul de metileno ao Laser vermelho, para verificar o potencial de redução microbiana de ambas as técnicas nos alvéolos dentários imediatamente após as exodontias. Notou-se que ambas as reduziram efetivamente o percentual microbiano nos alvéolos, a primeira apresentando um percentual de redução de 54%, e a segunda uma redução de 51,86%. Tal redução microbiana pode ter contribuído para uma acelerada cicatrização desse alvéolo bem como ter possibilitado um pós-operatório mais confortável ao paciente.

 


Palavras-chave


Terapia fotodinâmica; Azul de metileno; Curcumina; Exodontia

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2018 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.