Análise de óleos e graxas em efluentes por espectrofotometria

Marina Kich, Wolmir José Böckel

Resumo


A poluição ambiental é uma preocupação mundial, principalmente a poluição de corpos hídricos. Para medir o nível de poluição, a legislação ambiental utiliza parâmetros como indicadores da qualidade. Efluentes de postos de lavagens de carros e de oficinas mecânicas possuem alto poder poluidor devido a quantidade de óleo proveniente de peças e motores de automóveis. O método oficial para o Rio Grande do Sul, em conformidade com a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam), é por gravimetria. Porém, é um método que demanda relativamente mais tempo e mais etapas do que em uma análise espectrofotométrica. Portanto, o presente estudo teve por objetivo o desenvolvimento de uma metodologia por espectrofotometria para análise de óleos e graxas. As amostras provenientes de oficinas mecânicas e postos de lavagem de carros foram coletadas por um laboratório credenciado pelo Ministério da Agricultura, Agropecuária e Abastecimento (MAPA) e Inmetro, de um município situado no Rio Grande do Sul. As amostras foram submetidas à análise pelo método oficial e comparou-se os resultados com o método proposto. Os resultados demonstraram que os testes de recuperação se situaram dentro da faixa aceita e demonstraram ser lineares. Dessa maneira, apresenta uma perspectiva positiva para ser utilizado como método alternativo com menor tempo de análise.

Palavras-chave


Poluição; Postos de lavagem; Oficina mecânica; Gravimetria

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/estcien.2017v7n3.p61-69

Direitos autorais 2017 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.