O Estado Social e os fundamentos históricos e conceituais da política social: origem e institucionalização

Jonis Manhães Sales Felippe

Resumo


A compreensão dos contornos e tendências das políticas sociais na cena contemporânea exige, em primeiro lugar, o resgate e o aprofundamento do debate sobre o próprio conceito de política social. Considerando a natureza interdisciplinar dos estudos sobre o tema, que se traduzem em compreensões nem sempre consensuais – ainda que no mesmo campo teórico –, este artigo se propõe a discutir e contrapor algumas importantes abordagens no âmbito de produções de orientação marxista. Dessa maneira, utiliza-se a pesquisa bibliográfica como recurso metodológico para a construção de um texto com caráter revisional sobre os elementos históricos e os fundamentos teóricos desse fenômeno que ganhou corpo institucionalizado a partir do final do século XIX em alguns países centrais e início do século XX no restante do ocidente, inclusive no Brasil.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/estcien.2017v7n3.p37-49

Direitos autorais 2017 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.