Comportamento de porta-enxertos cítricos submetidos em composições de diferentes substratos

Carlos Alberto Fonseca do Nascimento, Jorge Hugo Iriarte Martel, Cristóvão Gomes Plácido Júnior

Resumo


O trabalho em questão foi desenvolvido em viveiro de mudas na área experimental da Coordenação de Pesquisas em Ciências Agronômicas (CPCA), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Manaus, Amazonas, nele foi avaliado o crescimento inicial de seis porta-enxertos cítricos, submetidos a cinco combinações volumétricas de substratos; utilizando o delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 X 5. Ao longo de 240 dias foram avaliados: a) o crescimento vegetativo dos porta-enxertos em altura e diâmetro; b) acúmulo de massa seca na parte aérea e parte radicular; e c) a porcentagem de plantas aptas à enxertia. A análise revelou que o porta-enxertos “Santa Cruz”, “English 264”, “English 256” e “Swingle 314” são promissores à citricultura Amazonense, enquanto que as composições de substratos TPI+EBC, TPI+EBC+CP e TPI+EBC+FC foram os que proporcionaram maior crescimento vegetativo aos porta-enxertos para as condições avaliadas.

Palavras-chave


Porta-enxertos; Substratos; Crescimento

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2018 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.