A relação teoria e prática esboçada na estrutura curricular do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Federal do Amapá

Everson dos Santos David, Izabel Lúcia dos Santos Oliveira

Resumo


O artigo analisou a estrutura curricular do Curso de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas da Universidade Federal do Amapá, no que concerne a relação de unidade entre os conhecimentos teóricos e práticos, uma vez que no ensino de biologia deve se valorizar esta relação reciproca, que tem o dever de se apresentar de maneira clara e coerente, contribuindo na formação dos futuros professores de biologia. A abordagem qualitativa direcionou a pesquisa bibliográfica e documental. O resultado desta análise é satisfatória, pois se pode constatar elementos que atendem a legislação, como a lista das disciplinas obrigatórias do campo pedagógico, das disciplinas específicas e das atividades complementares, respeitando a carga horaria proposta. Sendo assim, é possível concluir que a composição da estrutura curricular deve focalizar na unidade teoria e prática mediante as disciplinas de práticas de ensino e dos estágios supervisionado para fomentar a formação acadêmica e profissional, afim de atender as com qualidade e compromisso ao mercado de trabalho e aos anseios da sociedade.

Palavras-chave


Teoria e Prática. Currículo. Biologia

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/estcien.2018v8n1.p31-45

Direitos autorais 2018 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.