Tecer de uma discursividade: o desenvolvimento sustentável na prática do discurso jornalístico

Andressa Batista Farias, Neusa Inês Philippsen

Resumo


O objetivo da pesquisa é compreender a discursividade posta na região norte mato-grossense, inserida na Amazônia Legal, na formulação “desenvolvimento sustentável”, por meio dos pressupostos teóricos da Análise de Discurso de linha francesa. Neste recorte, analisam-se duas notícias veiculadas na mídia online de Sinop-MT, com o intuito de averiguar, no discurso jornalístico, como a temática “desenvolvimento sustentável” é apresentada nas marcas linguísticas pelo enunciador-jornalista. Busca-se apreender os diferentes efeitos de sentido que aparecem nos diálogos no momento da produção e da circulação dos fatos trazidos pelos textos informativos que circulam nesse espaço discursivo. Dentre os resultados analíticos que se evidenciaram nas formulações, destacam-se embates entre os discursos ambientalistas e desenvolvimentistas, confrontados por manifestações ideológicas e socioeconômicas que são empreendidas, fundamentalmente, pelos sistemas políticos vigentes.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/estcien.2016v6n1.p105-116

Direitos autorais 2016 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.