A contribuição da psicopedagogia para a inclusão do aluno com paralisia cerebral

Claudovil Barroso de Almeida Júnior

Resumo


O estudo pesquisará a atuação do psicopedagogo para a inclusão do aluno com paralisia cerebral no ambiente socioeducacional, por meio do trabalho interdisciplinar. Os objetivos da pesquisa foram: analisar como a psicopedagogia contribuirá para a inclusão deste aluno e, compreender como as estratégias pedagógicas utilizadas pelo psicopedagogo servirão para a inserção do educando. A metodologia concentrou-se na pesquisa de campo, com intuito de interpretar a realidade que está sendo investigada, com características qualitativas. Quanto aos resultados, o estudo indicou que, para haver a inclusão do aluno com paralisia cerebral, uma equipe interdisciplinar precisa ser criada e, o psicopedagogo tem que compor permanentemente essa equipe dentro do ambiente escolar, visto que o trabalho com este aluno carece da colaboração dos profissionais da educação e da saúde. Logo, conclui-se que a contribuição do psicopedagogo para a inclusão do aluno com paralisia cerebral se efetivará mediante o redimensionamento das percepções dos profissionais, ao adotarem a concepção da educação inclusiva em suas ações pedagógicas, no sentido de acreditar no desenvolvimento das potencialidades desse educando, por meio do aprimoramento das estruturas cognitivas, afetivas e sociais, vislumbrando nessa perspectiva sua autonomia e independência

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2015 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.