Pensamento freireano: bases para uma educação revolucionária

Ana Claudia Reis da Silva, Eliana Alves dos Santos, Izabel Lúcia dos Santos Oliveira

Resumo


Este artigo objetiva refletir sobre os conceitos que sustentam o pensamento de Freire e servem de base para construção de uma proposta de educação de caráter revolucionária. Para realizar-se este estudo optou-se pela pesquisa bibliográfica, mediante um levantamento sistematizado em obras de Freire, Schwartz, Moura e Tardif. Destaca-se que os pensamentos de Freire inspiraram as principais propostas de alfabetização na década de 60, por conceber o processo de formação humana de forma contextualizado socialmente, culturalmente e historicamente, sendo norteado pela realidade do aluno. Sendo uma educação libertadora, conscientizadora, dialógica, democrática, autônoma e revolucionária, que possibilite a transformação social e a emancipação cultural, se distanciando da educação Bancária. Assim, o estudo revelou que o pensamento freireano atende aos anseios de uma educação revolucionária comprometida com a mudança social, autonomia do individuo, com a consciência reflexiva das diversas problemáticas sociais vigentes. Ressaltando que, o princípio para uma educação revolucionária esta na conduta ética dos atores que compõem o ensino-aprendizagem.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2016 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.