Porrinha: quando as probabilidades estão além de dados e moedas

Paulo Guilherme Pinheiro dos Santos, Sâmia Bacelar Pinto, Mônica dos Santos Silva

Resumo


A utilização de jogos que fazem parte do cotidiano dos alunos é muito importante para o interesse e aprendizado de qualquer disciplina. O jogo denominado porrinha foi utilizado com o objetivo de modelar um caso de cálculo das probabilidades. Este trabalho é classificado como ensaio teórico e é mostrado o desenvolvimento da esperança matemática da variável considerada neste jogo, a soma. Alguns resultados para dois, três e quatros jogadores são desenvolvidos. O jogo da porrinha é adequado para criar uma sequência didática para o ensino de probabilidade

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2015 Estação Científica (UNIFAP)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.