CARACTERIZAÇÃO CITOGENÉTICA DE UMA ESPÉCIE DE Spatuloricaria (SILURIFORMES, LORICARIIDAE) DO RIO XINGU, (PARÁ, AMAZÔNIA, BRASIL)

Renata Oliveira Ferreira, Adenilson Leão Pereira, Cleusa Yoshiko Nagamachi, Julio Cesar Pieczarka, Leandro Melo de Sousa, Renata Coelho Rodrigues Noronha

Resumo


O gênero Spatuloricaria (Loricariinae, Loricariidae) compreende 12 espécies com caracterização pouco precisa, com dados morfológicos insipientes e nenhuma informação cariotípica disponível. Neste trabalho foi feita a primeira caracterização citogenética de uma espécie de Spatuloricaria do rio Xingu, utilizando técnicas de coloração convencional, bandeamento C, CMA3, DAPI, hibridização in situ fluorescente (FISH) com sondas teloméricas e DNAr18S. Os resultados mostram que Spatuloricaria sp. apresenta 2n=66 (6st+7sm+4m+16a) e número fundamental (NF) 92. A heterocromatina constitutiva (HC) está presente nas regiões centroméricas e pericentroméricas dos cromossomos e no braço curto do par 15, coincidindo com as marcações de DAPI. A FISH com sondas de DNAr 18S marcou o par cromossômico oito em sua porção terminal correspondente à marcação de CMA3, sendo observado heteromorfismo de tamanho dessa região. Não foram observadas sequências teloméricas intersticiais. Estes dados poderão servir como marcadores citotaxonômicos para a melhor compreensão do grupo e suas relações dentro da família Loricariidae, permitindo traçar inferências sobre a evolução cromossômica do gênero e suas relações com outros loricarídeos.

Palavras-chave: Loricariinae, citotaxonomia, FISH, sondas DNAr, sequências teloméricas.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v4n1p30-36

Direitos autorais 2014 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.