ASPECTOS ALIMENTARES E REPRODUTIVOS DO CASCUDO, Hypostomus pusarum (STARKS, 1913) (OSTEICHTHYES: LORICARIIDAE) NO AÇUDE MARECHAL DUTRA, RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL.

Emilly Kataline Rodrigues Pessoa, Louise Thuanne Barretto de Lima, Naithirithi Tiruvenkatachary Chellappa, Arrilton Araújo de Souza, Sathyabama Chellappa

Resumo


O peixe cascudo, Hypostomus pusarum é de importância ecológica e econômica dos ecossistemas aquáticos da região neotropical. O presente estudo verificou os aspectos alimentares e reprodutivos dessa espécie no açude Marechal Dutra, Acari, Rio Grande do Norte. As capturas dos peixes foram realizadas durante o período de julho de 2011 a junho de 2012, com o auxílio de pecadores locais, que utilizaram redes de espera e tarrafas. Os itens alimentares do estômago de H. pusarum foram identificados até o nível taxonômico mais inferior possível. Foi capturado um total de 118 exemplares de H. pusarum e no laboratório eles foram numerados, pesados, medidos, dissecados e o sexo foi identificado. Foram verificadas a proporção sexual, a relação peso-comprimento, o conteúdo estomacal, o índice gonadossomático (IGS), o fator de condição (K), a fecundidade e o período reprodutivo de H. pusarum. Houve uma predominância de fêmeas (n=67; 55,3%) sobre os machos (n=51; 44,7%). H. pusarum apresenta um crescimento do tipo alométrico negativo, ganhando mais incremento em comprimento do que em peso. A espécie em estudo apresentou uma dieta baseada em material orgânico em decomposição (88,7%) e microalgas (11,3%) consistindo de Bacilariofíceas, Clorofíceas e Cianobacteria. O índice gonadossomático (IGS) dos machos variou de 0,483 a 7,502 e das fêmeas de 3,408 a 10,533. A média do fator de condição (K) dos machos foi de 0,089 e das fêmeas foi de 0,266. A fecundidade absoluta apresentou a média de 756,85. Os peixes apresentaram gônadas em várias fases de maturação durante o período de estudo e a caracterização macroscópica das gônadas indicou quatro estádios de maturação, sendo imaturo, em maturação, maduro e esvaziado. O período reprodutivo de H. pusarum foi indicado pelo pico de IGS durante janeiro a abril.

Palavras-chave: Alimentação, reprodução, Hypostomus pusarum, açude Marechal Dutra.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v3n3p45-53

Direitos autorais 2013 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.