CITÓTIPO EXCLUSIVO PARA Parauchenipterus galeatus (SILURIFORMES, AUCHENIPTERIDAE) NA BACIA DO ATLÂNTICO NE ORIENTAL DO BRASIL: INDICAÇÕES DE UM COMPLEXO DE ESPÉCIES.

Washington Candeia Araújo, Wagner Franco Molina

Resumo


Endemismos entre as ictiofaunas das bacias hidrográficas brasileiras vêm se mostrando frequentes, principalmente decorrentes de vicariância ou dispersão. Diversas espécies constituem verdadeiramente complexos de espécies crípticas, em franco processo de diferenciação. Análises citogenéticas realizadas no bagre, Parauchenipterus galeatus, da bacia hidrográfica do NE Oriental do Brasil revelaram um cariótipo com 2n=58 (24m+16sm+10st+8a; NF=108), com RONs simples localizadas em região distal de um par cromossômico submetacêntrico, com regiões heterocromáticas reduzidas. Este padrão cariotípico se mostra diferenciado de outros já descritos para a espécie de outras bacias hidrográficas. A distribuição da heterocromatina, associada às variações estruturais do cariótipo representam importantes indícios de diferenciação citogenética de P. galeatus em diferentes bacias brasileiras. Considerando o tempo de divergência entre as grandes bacias, é possível que as diferenças citogenéticas encontradas possam representar em alguns casos efetivas barreiras reprodutivas pós-zigóticas. A diversidade cariotípica para a espécie apoia a existência de um complexo de espécies.

Palavras-chave: cangati, espécies crípticas, citogenética de peixes, especiação alopátrica.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v3n2p33-39

Direitos autorais 2013 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.