ESTUDO DA FLORA DE ASTERACEAE EM FRAGMENTOS DE VEGETAÇÃO NA CIDADE UNIVERSITÁRIA DOM DELGADO, MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS, MARANHÃO

Aryana Vasque Frota Guterres, Eduardo Bezerra De Almeida Jr.

Resumo


A família Asteraceae está entre as fanerógamas mais numerosas no mundo, conhecida por apresentar inflorescência em capítulos envolvidas por brácteas involucrais, estames sinânteros e cipsela. O presente estudo tem por objetivo contribuir para o conhecimento da flora de Asteraceae na Cidade Universitária Dom Delgado, Universidade Federal do Maranhão, apresentando lista de espécies, chave de identificação e pranchas fotográficas. Foram realizadas coletas ao longo das áreas de estudo e analisados materiais previamente coletados e depositados no Herbário MAR. Foram identificadas 21 espécies, 20 gêneros e sete tribos. As tribos Vernonieae, Heliantheae e Eupatorieae estão entre as tribos que têm o maior número de representantes e têm ampla distribuição no Brasil. A família mostrou grande ocorrência em todos os pontos amostrados, e ainda alerta para espécies pouco amostradas para o Maranhão. Diante dos dados apresentados, este estudo representa a necessidade de investimentos em estudos florísticos e taxonômicos para ampliar o conhecimento e da flora local.

Palavras-chave: Nordeste do Brasil, Chave de identificação, Taxonomia, UFMA, Riqueza de espécies.


Palavras-chave


Nordeste do Brasil; taxonomia; UFMA; Riqueza de espécies

Texto completo:

DOWNLOAD (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v11n2p53-57

Direitos autorais 2021 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.