ATIVIDADE ANTIBACTERIANA DO ÓLEO ESSENCIAL E EXTRATOS DE Lippia sidoides (CHAM.) VERBENACEAE E DO TIMOL FRENTE À Aeromonas hydrophila

Cláudia Majolo, Ana Maria Souza Silva, Patrícia Castro Monteiro, Franmir Rodrigues Brandão, Francisco Célio Maia Chaves, Edsandra Campos Chagas

Resumo


Dentre os agentes etiológicos envolvidos com doenças bacterianas na piscicultura destaca-se a Aeromonas hydrophila, sendo o emprego de plantas com potencial bioativo uma alternativa para o seu controle em substituição ao uso de antibióticos. Várias propriedades biológicas têm sido atribuídas ao óleo essencial e extratos de Lippia sidoides (Cham.) Verbenaceae. Sendo assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a atividade antibacteriana do óleo essencial, extrato aquoso e etanólico de L. sidoides, bem como de seu composto majoritário frente à A. hydrophila. Para isto, o extrato etanólico foi obtido através do contato das folhas trituradas com álcool etílico e posterior filtração a vácuo e remoção do solvente. O extrato aquoso por maceração com água destilada e filtração a vácuo, e o óleo essencial por hidrodestilação. Posteriormente, a atividade antibacteriana foi avaliada determinando a concentração inibitória mínima (CIM) e a concentração bactericida mínima (CBM) através da técnica de microdiluição. Os resultados deste estudo permitiram evidenciar a atividade antibacteriana tanto dos dois tipos de extratos de L. sidoides, bem como de seu óleo essencial e do timol frente à A. hydrophila. Entretanto, verificou-se maior atividade do timol, seguida do extrato etanólico, óleo essencial e extrato aquoso. A CIM e a CBM para o timol foram de: 78,13 µg mL-1 e 104,17 µg mL-1, para o extrato etanólico: 520 µg mL-1 e 625 µg mL-1, para o óleo essencial e extrato aquoso: 1.250 µg mL-1 para CIM e CBM. Evidenciou-se neste estudo forte atividade antibacteriana do composto timol e extrato etanólico.

Palavras-chave: Concentração inibitória mínima, concentração bactericida mínima, alecrim-pimenta, terpeno.


Palavras-chave


Concentração inibitória mínima, concentração bactericida mínima, extrato aquoso, extrato etanólico

Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v10n2p46-49

Direitos autorais 2020 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.