AVALIAÇÃO DE DIFERENTES SOLVENTES PARA EXTRAÇÃO DOS COMPOSTOS FENÓLICOS TOTAIS DA FARINHA DO FRUTO CALABURA (Muntingia calabura Linn.)

Antonio Carlos Pereira de Menezes Filho, Josemar Gonçalves de Oliveira Filho, João Carlos Perbone de Souza, Carlos Frederico de Souza Castro

Resumo


A calabura é uma espécie frutífera introduzida no Brasil com fins paisagísticos onde apresentou excelentes resultados de adaptação, ao clima e solos em diversas regiões do país. O estudo objetivou-se avaliar diferentes solventes para extração de compostos fenólicos da farinha de M. calabura. A farinha foi produzida e avaliada utilizando diferentes solventes: água, etanol e solução hidroetanólica 80 e 70%, respectivamente e metanol e solução hidrometanólica 80 e 70%. Para determinação dos teores de compostos fenólicos totais, foi utilizado reagente de Folin-Ciocalteau, e comparados a uma curva padrão de ácido gálico em diferentes concentrações. Os melhores resultados foram observados nos seguintes solventes, solução hidroetanólica 70% com 18,13 mg GAE 100 g-1, seguido por solução hidrometanólica 70%, etanol 100%, solução hidrometanólica 80% e água com 15,71; 15,56; 15,49 e 15,33 mg GAE 100 g-1. Os resultados deste estudo poderão corroborar com a indústria de alimentos ou farmacêutica, na elaboração de novos produtos com satisfatória atividade biológica a base deste vegetal, garantindo também o manejo da espécie de M. calabura e manutenção genética e ecológica.

Palavras-chave: Solvente, reagente de Folin-Ciocalteau, fruto.


Palavras-chave


Muntingia; cerradão; compostos bioativos

Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v9n2p21-23

Direitos autorais 2019 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.