AVALIAÇÃO DO ESTADO TRÓFICO ATUAL DO RESERVATÓRIO DA USINA HIDRELÉTRICA DE CURUÁ-UNA, A MAIS ANTIGA REPRESA CONSTRUÍDA NA AMAZÔNIA CENTRAL

Paulo Roberto Brasil Santos, Carlos Antônio Zarzar, Keid Nolan Silva Sousa

Resumo


O reservatório da Usina Hidrelétrica (UHE) de Curuá-Una foi a primeira usina hidrelétrica construída na Amazônia Central. Este reservatório pode ser um exemplo de projeção de impactos causados por esses empreendimentos sobre os habitats aquáticos. O objetivo deste trabalho foi classificar as águas do reservatório da UHE de Curuá-Una por meio da determinação do grau de trofia utilizando o índice de estado trófico. As coletas foram realizadas mensalmente no período de maio de 2016 a abril de 2017 em oito estações de coleta no reservatório totalizando em 96 amostras em 12 meses. Foram mensuradas as variáveis: Porfundidade, transparência, fósforo total, clorofila-a e pluviometria. Avaliou-se o índice de estado trófico (IET) para reservatórios. Para analisar as diferenças significativas espaço-temporal do IET, foi efetuada uma ANOVA two-way. O valor máximo de fósforo total foi de 14,7 µg.L-1 nas proximidades do principal tributário, essa região apresenta um solo geoquimicamente mais rico. Para a clorofila-a, os maiores valores estão nas proximidades da represa e o máximo observado foi 20,94 µg.L-1. O Índice do Estado Trófico médio varia entre ultraoligotrófico a mesotrófico, sendo observados tanto nas proximidades da barragem quanto na área mais externa do reservatório. Apesar de não apresentar difereças significativas nas variáveis espaciais e temporais, foi possível perceber que o IET do fósforo total não coincidi com IET da clorofila-a, o que indica que o processo de eutrofzação não está plenamente estabelecido no reservatório, e pode estar sendo limitado por fatores que não foram mensurados nesse estudo, como o efeito da expansão agropecuária.

Palavras-chaves: Índice de trofia, mesotrófico, Reservatório de Curuá-Una, variação espaço-temporal, limnologia.


Palavras-chave


Hidrelétrica Curá-Una, Amazônia, Índice de Estado Trófico, Reservatório.

Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v8n4p45-47

Direitos autorais 2019 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.