FECUNDIDADE E TIPO DE DESOVA DO PORAQUÊ, Electrophorus electricus, (LINNAEUS, 1766) (OSTEICHTHYIES: GYMNOTIFORMES: GYMNOTIDAE) DA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL – APA – DO RIO CURIAÚ, MACAPÁ-AP.

Júlio César Sá-Oliveira, Raimundo Nonato Gomes Mendes-Jr

Resumo


O presente estudo objetivou estimar a fecundidade e o tipo de desova do peixe-elétrico Electrophorus electricus da Área de Proteção Ambiental - APA do Rio Curiaú, Macapá-Amapá. As análises foram realizadas a partir de 96 exemplares do peixe coletados no período de março de 2006 a fevereiro de 2007. Análises do ciclo anual de estádios de maturação gonadal, exames macro e microscópico das gônadas, verificação dos diâmetros e contagens dos ovócitos foram realizadas. O número de ovócitos relacionados a uma dimensão corpórea (comprimento total) e ao Peso Total (g) foi ajustado a uma regressão linear. Os resultados revelaram que a desova é do tipo total e sincrônico, ocorrendo no início do inverno (janeiro-fevereiro). A fecundidade, estimada variou de 1.730 a 3.063 ovócitos vitelogênicos. A fecundidade mostrou correlação positiva com o comprimento total e peso total do corpo, aumentando proporcionalmente com o tamanho de Electrophorus electricus.

Palavras-chave:biologia reprodutiva, Amapá, estádios de maturação gonadal, Brasil.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v2n1p32-36

Direitos autorais 2012 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.