Staurastrum (ZYGNEMAPHYCEAE, DESMIDIACEAE) DE UM LAGO DE INUNDAÇÃO DE ÁGUAS PRETAS DO PARQUE NACIONAL DO JAÚ (AMAZONAS, BRASIL)

Karla de Souza Holanda, Carlos Eduardo de Mattos Bicudo, SERGIO MELO

Resumo


Staurastrum Meyen ex Ralfs constitui um dos gêneros mais comuns nas águas continentais da Região Amazônica. O trabalho descreve e ilustra as espécies identificadas em um lago de inundação do Estado do Amazonas, lago Cutiuaú e oferece informação sobre a distribuição temporal das espécies. Um total de 40 amostras foi coletado com rede de plâncton de 25 µm de abertura de malha em 10 estações de amostragem no período de março a novembro de 2003, englobando as quatro fases do ciclo hidrológico do lago. Foram identificados 23 táxons, dos quais 21 foram registrados no período de enchente, seis no período de águas baixas e três no período de águas altas e, também, três no período de vazante. Esta marcada diferença temporal no número de espécies nos ambientes amazônicos está associada à influência do pulso de inundação. Duas espécies são citadas pioneiramente para o Estado do Amazonas.

Palavras-chave: desmídias, rio Negro, Amazônia.


Palavras-chave


desmídias; rio Negro; Amazônia

Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v9n1p11-16

Direitos autorais 2019 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.