MACRÓFITAS AQUÁTICAS EM ÁREAS DE VÁRZEA DA COMUNIDADE DE SÃO JOSÉ, NO MUNICÍPIO DE BENJAMIN CONSTANT, AMAZONAS, BRASIL

Gabriane da Silva Matos, Márcia Nascimento Pinto, Jefferson da Cruz, Caris Santos Viana, Renato Abreu Lima

Resumo


Macrófitas aquáticas são plantas vasculares que normalmente ocupam áreas alagadas e úmidas. Elas desempenham um papel extremamente importante no funcionamento dos ecossistemas em que ocorrem, sendo capazes de estabelecer uma conexão forte entre o sistema aquático e o ambiente terrestre que o rodeia. Considerando que a Amazônia apresenta uma grande diversidade dessas espécies de plantas, foi realizado um levantamento de campo para avaliar a composição de espécies de macrófitas na Comunidade de São José, localizada no município de Benjamin Constant, estado do Amazonas, Brasil. Coleta de amostras, exsicatas e registros fotográficos foram feitos para avaliar o número de famílias e espécies encontradas e também para ilustrar e descrever as espécies de macrófitas aquáticas, de acordo com sua morfologia, classificá-las de acordo com sua forma de crescimento e identificar que estruturas morfológicas são responsáveis pela sua adaptação aos ambientes aquáticos. 36 espécies pertencentes a 24 famílias foram identificadas. Assim, a pesquisa aqui realizada relata uma quantidade suficiente de dados para a produção futura de um guia ilustrado para macrófitas aquáticas da área de estudo e para dar início a outros estudos no Rio Solimões, fornecendo informações sobre este grupo de plantas.

Palavras-chave: Formas de crescimento, Estruturas adaptativas, herbáceas aquáticas, Araceae, Organismos macrofíticos.


Palavras-chave


Growth form, Adaptive structures, Identification.



DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v10n1p11-16

Direitos autorais 2020 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.