ESTUDO FITOQUÍMICO E POTENCIAL ANTIBACTERIANO DO LÁTEX DE Himatanthus drasticus (MART.) PLUMEL

Eloiza Maria do Nascimento, Pedro Everson Alexandre de Aquino, Nara Luana Ferreira Pereira, Jacqueline Cosmo Andrade, Cícera Datiane Morais de Oliveira, Tássia Thaís de Alencar Martins Guedes, Dárcio Luiz de Sousa Júnior, Henrique Douglas de Melo Coutinho, Irwin Rose Alencar de Menezes, Helenicy Nogueira Holanda Veras

Resumo


Himatanthus drasticus (Mart.) Plumel, conhecida popularmente como janaguba, é uma espécie medicinal produtora de látex bastante utilizado na região do Cariri (CE) e empregada como fonte alternativa para o tratamento de inúmeras enfermidades. O presente trabalho teve como principal objetivo testar o potencial antibacteriano e modulador do látex in natura (LIHD) e do extrato acetato de etila do látex de H. drasticus (EAEHD) isoladamente e em associação com antibióticos aminoglicosideos (amicacina e gentamicina), frente às cepas bacterianas padrão e multirresistentes, seguindo o método de microdiluição em caldo Brain Heart Infusion (BHI). Na avaliação da concentração inibitória mínima (CIM) foram obtidos resultados ≥ 1024µg/mL frente às cepas padrão de Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa e Klebsiella pneumoniae tanto para LIHD, quanto para o EAEHD. Os produtos naturais apresentaram sinergismo na atividade dos aminoglicosídeos perante cepas de bactérias multirresistentes Escherichia coli (EC 27), Staphylococcus aureus (SA 358) e Klebsiella pneumoniae (KP 10031), entretanto apresentaram antagonismo perante Pseudomonas aeruginosa (PA 03). Na quantificação de fenóis o LIHD possui 62,6 mg/g e o EAEHD 51,8 mg/g de ácido gálico/g de extrato, e para flavanóides totais o LIHD apresentou 16,5 e o EAEHD 13,4 mg/g de flavanóides. Mais pesquisas são necessárias para uma possível utilização desses produtos naturais combinados aos antimicrobianos testados (aminoglicosídeos) frente às linhagens patogênicas. Através dos resultados concluiu-se que os produtos naturais representam fontes promissoras no combate à resistência bacteriana.

Palavras chave: Aminoglicosídeos, Atividade antimicrobiana, Concentração Inibitória Mínima, Himatanthus drasticus.


Palavras-chave


Potencial antibacteriano; Aminoglicosídeos; Concentração Inibitória Mínima; Himatanthus drasticus.

Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v8n4p28-32

Direitos autorais 2019 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.