OCORRÊNCIA DE TRÊS ESPÉCIES DE PALMEIRAS OLEÍFERAS NA TERRA INDÍGENA YAWANAWÁ, ACRE, BRASIL

Eliane Luiza Alves Yawanawá, Lucélia Rodrigues Santos, Luiz Augusto Mesquita Azevedo, Sílvia Luciane Basso

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a densidade e estrutura de três espécies de palmeiras com potencial para extração de óleos fixos na Terra Indígena do Rio Gregório no município de Tarauacá-AC, tendo em vista a contribuir com informações que possam subsidiar a elaboração de projetos para a exploração comercial destas espécies pela comunidade. Realizou-se um inventário em parcela retangular de 200m x 100m totalizando 2 ha, onde todos os indivíduos com mais de 30 cm das espécies Attalea tessmannii Burret (cocão), Astrocaryum ulei Burret (murmuru) e Euterpe precatoria Mart. (açaí) foram incluídos. Foram aferidos o diâmetro com fita dendrométrica e a altura estimada com o auxílio de uma vara de 3 m. os indivíduos foram classificados como férteis e vegetativos. Foram encontrados 174 indivíduos, todas as espécies apresentaram indivíduos férteis. A densidade encontrada foi de 870 indi/ha. A frequência relativa foi igual para todas as espécies. A distribuição por classes de altura mostrou que os indivíduos de Attalea tessmannii são encontrados em praticamente todas as classes. A distribuição por diâmetro indicou que Euterpe precatoria se agrupou na classe de 10,5 cm a 20,5 cm, enquanto em Attalea tessmannii e Astrocaryum ulei se distribuíram em diferentes classes de diamétricas.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v9n1p22-25

Direitos autorais 2019 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.