NOTA ECOLÓGICA SOBRE Rhinopetitia potamorhachia (CHARACIDAE: STEVARDIINAE) COM EXTENSÃO DE ÁREA DE OCORRÊNCIA NA RESERVA FLORESTA NACIONAL DO AMANA, NO MÉDIO RIO TAPAJÓS, BACIA AMAZÔNICA

Hélio Beltrão, Kedma Cristine Yamamoto, Esner Robert Santos Magalhães, Raniere Garcez Costa Sousa

Resumo


A distribuição geográfica de um pequeno e raro peixe da família Characidade (subfamília Stevardiinae) Rhinopetitia potamorhachia Netto-Ferreira; Birindelli; Sousa & Menezes 2014, que era conhecida somente na sua localidade tipo, no rio Teles Pires (limites dos Estados do Pará e Mato Grosso) que é uma área significativamente afetada pela construção de uma usina hidrelétrica. Atualmente a espécie encontra-se com status de em perigo de extinção, de acordo com o Livro Vermelho de Espécies Ameaçadas da Fauna do Brasil. Sua distribuição é estendida para a bacia do médio rio Tapajós, dentro da Floresta Nacional do Amana (FLONA do Amana) e nos limites do Parque Nacional da Amazônia, no município de Itaituba-Pará. Este novo registro está a mais de 700 km de distância da localização previamente registrada, em distâncias hidroviárias, fato importante, para uma espécie ameaçada de extinção. Além do novo registro de distribuição, breves informações sobre a alimentação e reprodução da espécie são fornecidas.

Palavras-chave: Characiformes, Rhinobrycon; distribuição, impactos antropogênicos, Amazônia Oriental.



DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v8n4p9-12

Direitos autorais 2018 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.