CULTIVO DE TAMBAQUIS DA PRÉ-ENGORDA AO ABATE COM DIFERENTES TAXAS DE ARRAÇOAMENTO

Cidiane Melo Oliveira, Raniere Garcez Costa Sousa

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo avaliar diferentes taxas de arraçoamento no cultivo de Colossoma macropomum (tambaqui) em viveiros escavados, por um período de vinte meses (agosto de 2015 a abril de 2017). Foram selecionados para o estudo 300 peixes, com peso médio inicial de 50 g cada indivíduo, nos quais foram testadas quatro taxas de arraçoamento: 0,5 (T1), 1,0 (T2), 1,5 (T3) e 2,0% (T4) do peso vivo dos animais ao dia (PV dia-1). A ração utilizada no experimento foi a comercial extrusada contendo 22% de proteína bruta. Foram realizadas biometrias quinzenais para a determinação do peso (g) e comprimento (cm) dos indivíduos, simultaneamente ao monitoramento de parâmetros da qualidade de água. As variáveis limnológicas permaneceram dentro dos limites estabelecidos para o cultivo de peixes tropicais durante todo o período experimental. Os resultados sugerem que é possível gerenciar a alimentação do tambaqui (taxa de ração em relação ao PV do peixe ao dia) por etapas de cultivo: fase 1 (≈ 50 a ≈ 250 g) arraçoar com a taxa de 0,5%; fase 2 (≈ 250 a ≈ 1000g) com taxa de 2,0% e fase 3 (≈ 1000 a ≈ 2000 g) taxa de 1,5% do PV dia-1. Ainda, é necessário que a capacidade de suporte utilizada na piscicultura esteja entre 800 a 1000 g/m², uma vez que valores maiores acarretaram em um baixo rendimento zootécnico dos indivíduos. Os peixes tratados com 1,5% do PV dia-1 apresentaram os melhores valores finais de conversão alimentar aparente total (CAAt) = 2,2 e peso (2,11 kg), sugerindo que esta taxa de arraçoamento foi a mais eficiente para o cultivo de tambaqui, assim como a mais adequada economicamente.

Palavras-chave: Colossoma macropomum, desempenho zootécnico, piscicultura.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v7n4p20-25

Direitos autorais 2018 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.