AS COLEÇÕES BOTÂNICAS SOB A PERSPECTIVA DE ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA

Rodrigo Francisco de Sousa, Ykaro Richard Oliveira, Maria Carolina de Abreu

Resumo


Esse estudo objetivou investigar o conhecimento de alunos da educação básica acerca das coleções vegetais e perceber prováveis falhas no tratamento desse tema no ambiente escolar. O trabalho foi realizado em uma escola de rede pública com alunos (n=100) de terceiro ano de ensino médio e a coleta de dados ocorreu através de um questionário contendo perguntas de múltipla escolha e discursivas, sendo averiguado o conceito prévio sobre cada coleção e qual sua relevância para a ciência. Percebeu-se que a maioria dos estudantes conseguiu apontar corretamente os conceitos das coleções mencionadas, todavia não conseguem identificar sua importância no contexto científico. O estudo também revelou que a maioria dos alunos 79% (n=79) acredita que alternativas didáticas como os acervos biológicos facilitariam a assimilação do assunto, além disso, foi notificado um interesse de 87 alunos (n=87) em conhecer alguma das coleções citadas. Logo, foi possível diagnosticar a necessidade de uma abordagem do tema coleções botânicas nas aulas de biologia na educação básica.

Palavras-chave: acervos biológicos, alternativa didática, ensino de botânica, herbário.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v9n4p33-36

Direitos autorais 2020 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.