CAPTURA ACIDENTAL DA GAROUPA GOLIAS Epinephelus itajara (LICHTENSTEIN, 1822) E Epinephelus sp (BLOCH, 1793) NA PESCA INDUSTRIAL DA COSTA NORTE DO BRASIL: UMA ESPÉCIE CRITICAMENTE AMEAÇADA

Bianca Bentes, Nayara Cristina Barbosa Mendes, Alex Garcia Cavalleiro de Macedo Klautau, Cleber Soares Viana, João Gomes Romão Júnior, Kátia Cristina de Araújo Silva, Carlos Eduardo Rangel de Andrade, Luciano de Jesus Pereira Gomes, Israel Hidenburgo Aniceto Cintra

Resumo


A fauna acompanhante das pescarias de arrasto industriais é diversa e abundante, capturando uma significativa riqueza. Dentre estas algumas são ameaçadas de extinção, como o mero Epinephelus itajara. Foram capturados cinco espécimes com redes de arrasto de fundo individuais, através das embarcações de camarões industriais na plataforma continental amazônica. Considerando o ineditismo do registro, os dados reforçam a necessidade de ações que minimizem as capturas de meros a julgar por suas características bioecológicas que o classificam como criticamente ameaçada.

Palavras chave: mero, pesca industrial, pesca acessória, status de conservação.




DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v9n1p58-59

Direitos autorais 2019 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.