INTERVENÇÃO NO ENSINO-APRENDIZAGEM E ELABORAÇÃO DE UM MATERIAL DIDÁTICO EM ZOOLOGIA COM ÊNFASE EM PEIXES PARA ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL, SANTANA/AP

Adriane da Silva Formigosa, Andréa Soares de Araújo, Júlio César Sá de Oliveira, Carlos Eduardo Costa Campos

Resumo


As Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação de professores da educação básica, quanto os Parâmetros Curriculares Nacionais recomendam a utilização de estratégias e materiais de apoio inovadores no processo ensino-aprendizagem, diante desta realidade este trabalho visou realizar uma intervenção no processo de ensino-aprendizagem e elaboração de um material didático em zoologia com ênfase em peixes para alunos do ensino fundamental, Santana/AP. O trabalho foi realizado na Escola Estadual Afonso Arinos, localizada na área portuária no município de Santana, Amapá, com 51 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. Foram ministradas palestras e práticas sobre o assunto peixes foi aplicado o formulário apenas uma vez antes da palestra. Após a palestra foi feita uma intervenção pedagógica com os alunos. A cartilha foi elaborada de acordo com os dados obtidos através dos formulários aplicados aos discentes com o tema: É peixe ou não é? no intuito de levar ao conhecimento dos alunos a correta classificação entre peixes e mamíferos aquáticos. Ao final desta pesquisa, tornou-se clara a influência do Porto do Açaí na formação do conhecimento popular dos educandos sobre os peixes, bem como a presença destes como um dos principais itens na dieta dos alunos. Identificamos certa dificuldade dos alunos na classificação dos peixes, na qual eram incluídos alguns mamíferos aquáticos como o peixe-boi e a baleia.

Palavras-chave: lúdico, Amazônia, ensino de ciências, cartilha.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v7n4p48-54

Direitos autorais 2018 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.