APP LAGOA ENCANTADA: CAMINHOS PARA O RECONHECIMENTO ACADÊMICO E PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Rodrigo Theófilo Valadares, Luana S. B. Calazans

Resumo


Apresentamos um ponto de vista sobre a importância da Área de Proteção Permanente da Lagoa Encantada nos âmbitos de pesquisa acadêmica e desenvolvimento sustentável. A área situa-se na região metropolitana da Grande Vitória, Espírito Santo, Brasil, e é composta por quatro fitofisionomias de Floresta Atlântica: vegetação brejosa, floresta ombrófila densa, vegetação rupestre e manguezal, sendo a vegetação brejosa predominante. Apresentamos o conhecimento atual sobre a composição vegetacional da área, impactos antrópicos sofridos, desafios ao seu estudo e relacionamos possibilidades de pesquisa e voltadas para o desenvolvimento sustentável da região com a implementação de uma unidade de conservação.

Palavras-chave: áreas úmidas, brejo, Floresta Atlântica, Espírito Santo, unidade de conservação.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v8n1p49-50

Direitos autorais 2018 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.