OCORRÊNCIA DE Procamallanus (Spirocamallanus) saofranciscencis EM DUAS ESPÉCIES DE PEIXES DULCÍCOLAS DO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL

Nadja Jacyara Laurentino e Silva, Marcos Carlos Cosme da Silva, Wallace Silva Nascimento, Elizete Teresinha Santos Cavalcanti, Sathyabama Chellappa

Resumo


O presente trabalho descreve a ocorrência e índices parasitários de Procamallanus (Spirocamallanus) saofranciscencis em Leporinus piauTriportheus angulatus. Os peixes foram capturados durante o período de agosto de 2012 a junho de 2013, no açude Marechal Dutra e no rio Acauã, ambos localizados no Rio Grande do Norte. Foi examinado um total de 54 peixes, sendo 34 L. piau e 20 T. angulatus. Para L. piau a prevalência foi de 47%, intensidade média de 2,0 parasitos por peixe e abundância média de 0,94 parasitos por peixe amostrado. Para T. angulatus a prevalência de P. (S.) saofranciscencis foi de 40%, intensidade média de 1,87 parasitos por peixe e abundância média de 0,75 parasitos por peixe amostrado. Foi de 17,65%, 8,82% e 20,59% a prevalência para machos, fêmeas e sexo indefinido para  L. piau, respectivamente. Foi de 5%, 10% e 25% a prevalência para machos, fêmeas e  indefinido para T. angulatus, respectivamente. Este primeiro relato de P.(S.) saofranciscencis em L. piau e T. angulatus apresentou baixos níveis de parasitismo.  Este estudo amplia o conhecimento sobre a ocorrência de nematoides no semiárido brasileiro.

Palavras chaves: Procamallanus, Leporinus piau, Triportheus angulatus, índices parasitários, nematoide.


Texto completo:

DOWLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v7n1p82-85

Direitos autorais 2017 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.