ANÁLISE ESPACIAL DOS CONFLITOS DA PESCA ARTESANAL NO LITORAL DO OIAPOQUE, AMAPÁ, BRASIL

Sirley Luzia de Figueiredo Silva, Luis Mauricio Abdon da Silva, Mauricio Camargo Zorro, José Maria Luz do Rosário

Resumo


Este estudo localiza os pesqueiros e define as áreas de uso da pesca artesanal, que atuam no litoral do Oiapoque e do Parque Nacional do Cabo Orange, e apresenta o cenário atual dos conflitos ocasionados pelo uso destas áreas por diversos grupos de pescadores que exploram estes ambientes. O levantamento de informações ocorreu através de entrevistas semiestruturadas e não estruturadas à grupos focais, compostos por pescadores e gestores de unidades de conservação, assim como através de mapas participativos, e por georeferenciamento dos pesqueiros (no estuário do rio Oiapoque e litoral do Parque Nacional do Cabo Orange). Foram registrados quinze pesqueiros distribuídos em duas “zonas de pesca” e foram identificados três níveis de conflitos que envolveram os pescadores do município do Oiapoque.

Palavras-chave: conflitos e áreas de uso na pesca, litoral do Parque Nacional do Cabo Orange.


Texto completo:

DOWLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v6n3p63-69

Direitos autorais 2016 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.