ANÁLISE DA ABORDAGEM SOBRE A MATA ATLÂNTICA EM LIVROS DIDÁTICOS DE BIOLOGIA DO ENSINO MÉDIO

Nicácio Oliveira Freitas, Gutemberg Félix Ferreira, Danielle Karla Alves Silva, Mônica Alves Coelho Santos

Resumo


Os livros didáticos (LD) são o principal instrumento pedagógico de alunos e professores. A análise desses manuais possibilita apontar várias deficiências em relação à abordagem dos conteúdos. Neste sentido, o objetivo do trabalho foi analisar a abordagem sobre a Mata Atlântica, considerada um dos ambientes mais degradados do mundo. Foram analisados sete LD de Biologia do Ensino Médio, seguindo um roteiro avaliativo que verificaram informações gerais, os fatores bióticos e abióticos e a preservação ambiental e ação antrópica. Os itens foram analisados quanto a uma abordagem satisfatória ou insatisfatória na avaliação das obras. De forma geral, o tema Mata Atlântica foi contemplado por todas as obras avaliadas, inclusive com tópicos específicos, contudo, alguns aspectos como o uso das imagens foram realizados inadequadamente, levando ao entendimento errado da Mata Atlântica. Além disso, a dinâmica do ecossistema, seus componentes e os impactos ambientais não foram abordados satisfatoriamente na maioria das obras avaliadas. Revisões periódicas desses manuais são de fundamental importância para assegurar uma formação dos alunos que possibilite a condição de analisar e conhecer os efeitos de suas ações sobre o meio ambiente e refletir sobre formas de amenizá-las, podendo intervir sobre elas.

Palavras-chave: Livro didático de Biologia, Mata Atlântica, análise de conteúdos.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v7n1p12-16

Direitos autorais 2017 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.