ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E DA MICROBIOTA DA ÁGUA DO LAGO MACURANY, PARINTINS, AMAZONAS

Franciane Silva de Andrade, Adailton Moreira da Silva, Paulo Henrique Rocha Aride, Adriano Teixeira de Oliveira

Resumo


Este trabalho objetivou avaliar as características físico-química, microbiológica e parasitológica, em períodos de sazonalidade dos rios (vazante e cheia) da água do Lago do Macurany que circunda a ilha de Parintins, Amazonas. Amostras de água foram coletadas em vidros autoclavados nos períodos de vazante e cheias, e acondicionadas em caixas térmicas para posteriores análises. Os valores de pH, temperatura foram medidos diretamente nos pontos de coleta de água. Os valores de pH não apresentaram diferenças estatísticas entre os períodos, por outro lado foi observada apenas variação sazonal na concentração bacteriana (meio Ágar m-FC) entre os períodos de vazante e cheia. A quantificação das colorações e a quantidade de bactérias nos meios empregados (Ágar m-FC e Endo les) demonstram que as águas do lago do Macurany, sob o ponto de vista microbiológico, não são apropriadas para o consumo. Os resultados parasitológicos demonstraram ausência total de protozoários e helmintos. A análise de regressão linear entre as variáveis independentes (temperatura e pH) e a dependente (quantidade colônia de bactérias) demonstrou que houve uma tendência de aumento entre o pH e temperatura em relação ao aumento da quantidade de colônias de bactérias, demonstrando uma relação direta entre as variáveis comentadas anteriormente (para ambos: p= 0,057 e R2= 0,520). Houve uma forte relação entre o pH e temperatura com a quantidade de colônias de bactérias cultivadas no meio m-FC (p= 0,038 e R2= 0,735). Sob o ponto de vista dos parâmetros físico-químicos a água do lago Macurany apresenta boa qualidade, entretanto, sob a condição bacteriológica essa água e de baixa qualidade. Conclui-se que a água do lago Macurany é imprópria para consumo humano.

Palavras-chave: Hídrico, bactéria, Amazônia, parasitológico, físico-química. 


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v6n2p132-134

Direitos autorais 2016 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.